População de Imperatriz faz justiça com as próprias mãos e mata assaltante

O corpo ainda não foi identificado
O corpo ainda não foi identificado

Um homem ainda não identificado acabou morrendo na tarde deste domingo (29) em Imperatriz. A vítima tentou assaltar um bar no bairro Bacuri e o dono teria reagido. Depois de contido, ele foi pego pela população que, revoltada, decidiu fazer justiça com as próprias mãos.

O meliante teve os pés e pescoço amarrados e foi espancado por populares até a morte. Segundo informações preliminares o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado mas ao chegar no local, o assaltante já tinha ido a óbito.

PMDB e PT se afastam na disputa municipal, inclusive em São Luís

Foto reprodução
Foto reprodução

Das oito capitais onde houve aliança entre PT e PMDB em 2012, apenas uma delas, Aracaju, deve repetir o acordo, segundo levantamento do Estado. O confronto em nível federal entre as duas legendas por causa do impeachment da presidente Dilma Rousseff é uma das causas do divórcio, assim como resolução do Diretório Nacional do PT de restringir alianças municipais com siglas favoráveis ao impedimento da petista. A determinação, no entanto, abre brechas para acordos pontuais.

Em Aracaju, por exemplo, a ação do governador Jackson Barreto (PMDB) contra o impeachment foi decisiva para a manutenção da aliança. O mais provável é que o PT apoie o peemedebista Zezinho Sobral. “Ficamos isolados do PMDB nacional, mas temos ligação antiga com o PT e participamos do movimento contra o impeachment desde o início”, disse o presidente do PMDB de Sergipe, João Augusto Gama. “Nossa relação com o governador é muito forte, ele teve posição muito definida a favor da presidente. É muito difícil a gente não fazer aliança com o PMDB”, disse o presidente do PT-SE, Rogério Carvalho.

Em Belo Horizonte, Cuiabá, Goiânia, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro e São Luís deve ocorrer o contrário.

No Rio, o impeachment foi decisivo para a saída do PT da coligação em torno da candidatura do secretário municipal de Coordenação de Governo, Pedro Paulo Carvalho Teixeira (PMDB), escolhido pelo prefeito peemedebista Eduardo Paes. Os petistas devem apoiar a candidatura da deputada Jandira Feghali (PCdoB). A aliança PT-PMDB está garantida, no entanto, em Maricá e em negociações avançadas em Japeri e Queimados, municípios na região metropolitana.

‘Estratégia’ – Na capital mineira, haverá um afastamento “estratégico” para as eleições de outubro sem configurar litígio entre as duas legendas, segundo a presidente do PT em Minas, Cida de Jesus. “Não tem crise entre PT e PMDB (em Minas). Em dezembro do ano passado, o PT de Belo Horizonte já havia decidido por candidatura própria, é uma questão de tática eleitoral. Eleições municipais sempre foram muito localizadas, não há essa questão de nacionalizar ou estadualizar”, disse.

Seis deputados do PMDB mineiro votaram a favor do impeachment, inclusive Mauro Lopes, que três dias antes da votação na Câmara era ministro da Secretaria de Aviação Civil de Dilma. Para Cida, “PT e PMDB em Minas têm um projeto construído em 2014. Por mais que a oposição queira, esse projeto não está abalado”.

Em Goiânia, apesar de ocupar a vice-prefeitura, o PMDB lançará candidato em oposição ao prefeito petista Paulo Garcia. Dirigentes locais dos partidos dizem que o afastamento ocorreu antes do impeachment. “Não há possibilidade de estarmos juntos agora. Mas não temos problemas com o PMDB aqui, vamos avançar (na candidatura própria) e quem sabe discutir aliança no 2º turno”, afirmou o presidente do PT goiano, Ceser Donisete.

Em duas cidades importantes, Aparecida de Goiânia e Anápolis, a aliança PMDB-PT deverá ser mantida.

Aliados em 2012, PT e PMDB planejam lançar candidaturas próprias em Maceió. Em São Luís, Cuiabá e Manaus os partidos não repetirão a aliança das eleições passadas e lançarão candidatos ou estarão coligados a outros partidos.

Fonte: Estadão 

Irmandade e comunhão

Governador Flávio Dino
Governador Flávio Dino

Por Flávio Dino

O mês de maio é marcado por importantes datas para nós cristãos. Há duas semanas, foi a vez do Pentecostes, celebração do mistério do Espírito Santo, e neste feriado de quinta-feira comemoramos o Corpus Christi. Aqui no Maranhão, houve lindas manifestações populares que alegram as datas especiais e nos convidam à reflexão sobre os valores cristãos da solidariedade e sua aplicação em nosso dia a dia.

Na homilia de Pentecostes deste ano, o Papa Francisco lembrou as palavras de Cristo no Evangelho segundo São João (14,18): “Não vos deixarei órfãos”. Francisco afirmou que o Espírito Santo nos religa ao Pai, tirando-nos da orfandade da solidão e da desesperança. Reunidos novamente sob Deus, nos reconectamos com nossos princípios e nos livramos da “dificuldade de reconhecer o outro como irmão, porque filho do mesmo Pai”. Belas palavras do Papa Francisco para nos lembrar que não estamos sós no mundo, vivemos juntos com outras pessoas em nossa família, nosso estado, nosso país. E com elas devemos viver em comunhão, partilhando as escolhas para construção de condições melhores de vida a todos.

Vida em comum que também está nos princípios celebrados no Corpus Christi. Neste feriado, os cristãos reverenciam o sacramento da comunhão, momento em que nos unimos ao Corpo de Cristo. Nessa liturgia, reafirmamos a comunhão dos valores do cristianismo. Princípios que são reafirmados em várias passagens da Bíblia, como em Atos 4:31,32 “E, tendo orado, moveu-se ao lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus. E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns”.

As celebrações cristãs reforçam, portanto, a condição de irmandade em que devemos viver. Não vendo o outro como um inimigo a ser destruído, mas como outro ser humano, com desejos e forças a quem devemos estender a mão. Como cristão, trabalho diariamente para aplicar esses princípios no trabalho do governo do nosso Estado. Acredito que a vivência da solidariedade depende também do correto exercício do Poder Público em prol do bem comum, construindo um estado melhor para todos. Por isso que, quando me perguntam sobre qual obra vai “marcar” o nosso governo, sempre aponto o cuidado com as pessoas, mediante políticas públicas feitas acima de tudo com amor. Este é muito mais forte e importante do que grandes estruturas de cimento e tijolos, que temos feito também, mas jamais perdendo a dimensão daquilo que é o principal: melhorar a vida da população, sobretudo a mais pobre.

Aí estão os exemplos de irmandade que consideramos importante fazer e destacar: o Plano Mais IDH; o Programa Escola Digna, com construções e reformas de escolas; a Força Estadual de Saúde, já atuando nos 30 municípios mais pobres; os novos hospitais regionais; o Bolsa Escola, que chegou neste ano para 1 milhão de crianças e jovens; a rede de educação profissional e tecnológica (IEMA); a pavimentação de mais de 1.000 km de estradas e ruas; o programa Ninar, para recém-nascidos e crianças. E muito mais, sempre buscando a comunhão justa da riqueza socialmente produzida.

Ribamar Alves está entre os 100 melhores prefeitos do Brasil

Prefeito Ribamar Alves recebeu a placa em reconhecimento ao trabalho realizado
Prefeito Ribamar Alves recebeu a placa em reconhecimento ao trabalho realizado

A Associação Nacional dos Prefeitos e Vice-prefeitos da República Federativa do Brasil (ANPV) entregou esta semana, em Brasília, o Prêmio ANPV 2016 ao prefeito Ribamar Alves. A cerimônia de premiação aconteceu no Auditório Petrônio Portela, do Senado Federal, onde estavam presentes os prefeitos, vice-prefeitos, deputados e outras lideranças políticas.

Acompanhado da primeira-dama e suplente de deputada federal Luana Alves, o prefeito Ribamar Alves recebeu a placa em reconhecimento ao trabalho realizado à frente da gestão municipal de Santa Inês ao longo dos últimos três anos, com ações em setores como a Agricultura, Cultura, Educação, Saúde, Meio Ambiente, entre outras atividades que beneficiam a população e incluem do Município de Santa Inês na seleção das 100 cidades mais sustentáveis do Brasil.

Ao lado da esposa Luana Alves, Ribamar recebeu o Prêmio ANPV 2016
Ao lado da esposa Luana Alves, Ribamar recebeu o Prêmio ANPV 2016

Feliz pelo reconhecimento da ANPV, Ribamar Alves disse que apesar da crise e das dificuldades, ele agradece a Deus por ter se destacado entre os 100 melhores prefeitos do Brasil. “Estamos mantendo os salários em dia. Hospital mantido pelo Município aberto; com médicos e medicamentos. Escolas funcionando, com merenda escolar de qualidade; professores sendo capacitados permanentemente e valorizados pelo Plano de Cargos. Nossa agricultura em destaque nacional. Todos os departamentos e secretarias funcionando e mostrando serviço. Para a nossa gestão, isso vale mais que asfalto”, enfatiza o prefeito Ribamar Alves.

SES ALERTA: Câncer de pênis é o 2º mais comum no Maranhão

Secretário Carlos Lula
Secretário Carlos Lula

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) alertam que, além do câncer de próstata, há outro tipo da doença que atinge a população masculina de forma dramática: o câncer de pênis. É um tumor raro e que exige, muitas vezes, a amputação do órgão. O aumento dos casos de câncer de pênis no Nordeste faz com que seja considerado um problema de saúde pública.

Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), no Maranhão este tipo de tumor é o 2º mais frequente, atrás apenas do câncer de pele. Neste ano houve registro de quatro casos de janeiro a abril – 50% do número de 2015, quando a Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou oito casos de câncer de pênis.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, várias ações estão sendo desenvolvidas contra o câncer de pênis na rede estadual. “Estamos trabalhando a conscientização da população, porque este é o caminho: a prevenção. Já está programada uma nova campanha de sensibilização, em parceria com a Seduc, envolvendo as escolas, alertando sobre os cuidados e medidas de higienização, por exemplo, que devem ser tomadas cotidianamente. Orientamos que os homens, ao identificarem qualquer lesão ou ferimento, procurem preventivamente nossos ambulatórios para receberem informações e acompanhamento médico urológico”, disse.

Falta de higiene

A doença é causada principalmente pela falta de higiene e tem forte prevalência em homens com fimose (quando o estreitamento na abertura do prepúcio, a pele que reveste a glande, impede que ela seja exposta). Estudos científicos sugerem que a doença também está associada à infecção pelo vírus HPV.

O tumor no pênis acomete principalmente homens que vivem em regiões rurais, com pouca cultura e que só procuram ajuda quando o pênis já está muito ferido, às vezes com o tumor exposto, saindo sangue e pus.

Medidas simples como a circuncisão evitaria o câncer de pênis. O urologista da Hapvida Saúde, Gil Ricardo Santos Fonseca sugere que a técnica seja adotada nas maternidades do país. “Quando existe esse problema, deve-se tentar resolvê-lo, geralmente com cirurgia ainda na infância, reduzindo as chances de problemas no futuro”, afirma.

Outra forma de melhorar o diagnóstico e o tratamento seria aumentar a atenção sobre a doença cujo número de casos não é relatado com rigor, o que trava investimentos em pesquisas e remédios.

Causas, sintomas e tratamento

O câncer de pênis inicialmente não apresenta sintomas, mas tem como causa principal o acúmulo de secreções na glande. Essa ‘sujeira’ pode evoluir para uma infecção que se transforma em ferida. Se não curada, vira um tumor que aos poucos vai lesionando a região.

Mas sua prevenção é simples: basta lavar a cabeça do pênis com água e sabão, puxando a pele na hora do banho, depois da masturbação e depois de ter relações sexuais, além de usar camisinha para evitar a infecção pelo HPV.

Outro problema é que a quimioterapia e a radioterapia pouco funcionam nestes casos, por isso a amputação parcial ou total é frequente. “Quando se dá o diagnóstico do tumor, o que é confirmado por biópsia da lesão suspeita, geralmente o tratamento é extirpa-la, retirá-la. O que geralmente é feito por mutilação, amputação do pênis, parcial ou total, ou até por emasculação que é amputar toda a genitália inclusive testículos e bolsa escrotal”, explica o especialista.

Por isso, em caso de vermelhidão ou feridas no pênis, o ideal é procurar um urologista. Se o tumor for pequeno, o câncer pode ser eliminado com cirurgia. “Quanto à percepção da doença deve-se ter atenção a todas as lesões, ferimentos, manchas no pênis que não melhoram após tratamentos mais comuns como cremes, pomadas. Lembrando que muitas lesões no pênis podem ser micoses, infecções de pele, ou até DSTs e que se submetidas aos tratamentos específicos saram. Sendo assim, o ideal é procurar um médico para avaliação. De tudo isso, ponderamos que uma maneira simples de tentar evitar tão triste história é algo fácil, prático e barato: lavar o pênis”, orienta o médico Ricardo Fonseca.

Do G1, MA

PR Mulher realiza o 1º Workshop de Oratória em São Luís

Promovido pelo PR Mulher, o Workshop de Oratória está na sua primeira edição
Promovido pelo PR Mulher, o Workshop de Oratória está na sua primeira edição

Foi realizado neste sábado (28) no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, em São Luís, o 1º Workshop de Oratória promovido pelo PR Mulher.

Com o tema “A Comunicação de forma eficaz é uma das características de um bom político”, o encontro objetiva aprimorar o modo de falar fortalecendo o marketing pessoal e a influência sobre pessoas. O Partido Republicano Mulher pretende com isso preparar o futuro político, não só das mulheres, mas de todos aqueles que pretendem ingressar no meio político com sucesso.

Além da presença do o presidente do PR, o deputado estadual Josimar de Maranhãozinho, e da prefeita de Centro do Guilherme Detinha Rodrigues, o encontro contou com a participação de várias lideranças políticas estaduais e municipais além de especialistas em direito e marketing pessoal.

O titular do Blog esteve no evento e conversou com o deputado Josimar sobre a primeira edição do WorKshop. “Esse encontro do PR fortalece as políticas públicas em torno não só da mulher mas também do papel do homem como político atuante”, disse o parlamentar agradecendo a presença de todos e garantindo que eventos como estes serão novamente realizados.

Prefeita Detinha e o marido Josimar de Maranhãozinho entre participantes do encontro
Prefeita Detinha e o marido Josimar de Maranhãozinho entre participantes do encontro